19 de dez de 2013

O Diário de Kalyn - Resenha

O livro O Diário de Kalyn - Maedro foi escrito por Rômulo Barbosa e publicado esse ano pela editora Navras Digital. O livro conta a estória de Kalyn, uma estudante de medicina que mora dentro da nave Maedro. Ela vai em busca de informações para descobrir quem foi em sua vida passada. Com a ajuda de suas amigas ela tem acesso a um diário para registrar sua experiência durante a faculdade. Posteriormente, Kalyn descobre que pode acessar seu diário antigo e quando vê que poucas informações pessoais estão no diário antigo ela parte daí para saber mais.



Começando pela parte física do livro, o ar de mistério na capa chama a atenção e as letras do título lembram-nos de tecnologia e computação. A diagramação e impressão está muito boa, simples e de fácil leitura. O livro está organizado por diários datados e escritos de forma bem peculiar.

A protagonista, Kalyn é uma garota de personalidade forte que perde a memória. Suas amigas, descritas através dela, são bem construídas. Consegui perceber e reconhecer cada uma porque suas personalidades foram bem determinadas na construção do texto. Kalyn, apesar de usar de um vocabulário rebuscado as vezes volta a falar como uma adolescente nos lembrando que apesar dela estar na faculdade devido ao espaço/tempo determinado no livro, ela é somente uma adolescente.

Maedro é a nave onde Kalyn e o resto da tripulação reside a procura de um planeta para retomar a população e quando é feito no livro descrições sobre a nave, temos uma descrição muito realista sobre o funcionamento e origem. Apesar de ter somente 174 páginas o livro nos faz viajar mentalmente para outro mundo com uma facilidade assombrosa.

Como nem tudo é perfeito algumas coisas também me incomodaram sobre a obra, como todos os livros. A questão do vocabulário de Kalyn que varia entre formal e informal as vezes rápido demais. Pouca descrição sobre como são os lugares que a protagonista vive as situações.

O final claro é surpreendente, foi mais do que eu esperava. Apesar de nunca ter lido um livro de ficção cientifica porque tinha medo e sempre me atinha só ao terror e aos clássicos seguros, hoje fico feliz de ter lido este e com certeza recomendaria-o. A leitura me acrescentou muito sobre a percepção de clonagem, reativação de memória e conceito de memória que é um conceito que estamos pensando o tempo todo como tema principal no curso de Letras. Afinal, o que é memória? E a sua memória te define? Você é a mesma pessoa sempre? Todos os dias? ...


O livro é muito fácil de ser adquirido, só clicar nos links abaixo:
Ebook
Blog do livro
Face do livro

PS: Pra esclarecer, eu tentei dar o mínimo de spoilers possível e nem passando perto do final do livro para que vocês vejam por si só a qualidade e a importância desse livro. Aguardem mais novidades virão por aí!!!




Postar um comentário